Botucatu, terça-feira, 17 de Setembro de 2019

Colunista Antonio Roberto Mauad – Turquinho Tecnólogo em Marketing e MBA em Administração Pública e Gerência de Cidades
18/04/2019

Páscoa: buscai a Deus enquanto é tempo



Quando acessamos as redes sociais, em conversas ou andando no trânsito entre outros, pode-se observa várias frases citando Deus, o que! Em um destes dias li em um panfleto: “Buscai ao Senhor enquanto se pode achar”, titulo forte e texto impactante, ambos fruto de uma verdade inconteste aos cristãos: a busca por Deus dentro do devido tempo.

A primeira reação de um cristão ao texto que propõem busca Deus enquanto há tempo, pode vir a ser indagação aliada a momentânea negação, pois há em algum momento onde Deus não venha mais estar disponível para algum de seus filhos? As escrituras dizem-nos que sim, como traz a Bíblia em Isaías 55:6-13!

O nosso Deus pai e criador, que é de imenso amor e misericordioso, parece-nos impossível que certo dia Deus não mais esteja disponível a alguns de nós? Sim é possível tornando-se claro em Isaías 55:6-7 diz: “buscai ao SENHOR enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto. Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos, e se converta ao SENHOR, que se compadecerá dele; torne para o nosso Deus, porque grandioso é em perdoar.”

Versos que nos propõem a devida reflexão de buscarmos a Deus todos os dias, no decorrer de nossos afazeres voltando-nos a Deus em nossos pensamentos, de forma simples conversando respeitosamente e com reverência ao criador, tal qual falamos a nossos pais. A Bíblia, sobretudo em Apocalipse, quando contrapomos os fatos contemporâneos aos relatos de Jesus, quanto aos acontecimentos que precederão sua volta, isto demonstra a necessidade de buscar a Deus enquanto se pode encontrá-lo, pois não temos conhecimento do dia ou se quer a hora da volta de nosso redentor! Assim cada um de nós deve reavaliar sua postura quanto ao relacionamento para com Deus pai criador, e enfatizo novamente: tendo muito claro que se aproxima o tempo em que Deus não mais estará disponível aos que não o buscarem.

A Páscoa, que para nós cristãos tem seu ápice no sacrifico do cordeiro de Deus, Jesus Cristo que tirou e consigo levou o pecado do mundo, em seu ato de inigualável obediência a Deus Pai, também retira o véu/separação decorrente do pecado original, que separava o acesso do homem a Deus criador que nos primórdios grafado no velho testamento, tão somente era permitido aos sacerdotes fazê-lo, com oferenda de holocaustos, em Jesus quebra-se a regra tirando o véu do templo, e nos dá acesso ao coração do Pai, sendo ele Jesus nosso único e verdadeiro intercessor, tal qual traz a Bíblia em Timóteo 2:5: “Porque há um só Deus e um só Mediador entre Deus e o ser humano, Cristo Jesus, homem.”

Toda vez que falar ou pedir a Deus invoque sempre “em nome de Jesus, senhor meu Deus”! Nosso Deus é profundamente misericordioso, amor infinito pelo povo que chama pelo meu nome, Deus é grandioso em perdoar-nos, assim irmãos buscai-o enquanto é tempo. Eu sou pecador, e é Deus que vem o perdão, assim busque-o diariamente, o criador é Deus de relacionamento!

Em uma alusão simplista deste cristão evangélico: o relógio da vida  gira de forma implacável, e demonstra a finitude da vida terena, e enfatizo novamente ao não sabemos o amanhã: será que haverá tempo para recorrermos a Deus se estamos deixando sua busca para depois?

Irmãos em Cristo, busquem a Deus agora enquanto se pode achá-lo, e aproveitemos nosso tempo presente para no céu colocarmos nosso tesouro mais precioso, a nossa salvação que vem de Deus, pelo ato de cruz do nosso senhor Jesus Cristo, mediante nossa fé.

 

                              Achegai-vos a Deus e ele se achegará de vós. - Tiago 4:8

 

Antonio Roberto Mauad – Turquinho. Pecador, cristão evangélico há mais de 17 anos.










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.