Botucatu, domingo, 22 de Setembro de 2019

Colunista Antonio Roberto Mauad – Turquinho Tecnólogo em Marketing e MBA em Administração Pública e Gerência de Cidades
26/04/2019

Arena Cross: sucesso de Botucatu para o Brasil



Botucatu com suas características geográficas da Cuesta, sempre teve fortes ligações com o motociclismo desde a época dos anos 80, onde se tinham pequenos grupos “fazendo trilha” com motos nacionais adaptadas como as XL’s, DT’s 180 e até CG’s 125. Nomes que marcaram a época como o querido Nelinho Cariola, Pezinho, o saudoso Novelli e outros, e com o passar dos anos a “trilha” foi tomando corpo. Um grupo capitaneado pelo Carlinhos Romagnolli, junto com o Rubinho Protes, Ricardo Micheletti e mais alguns abnegados por motos, estavam junto com o Carlinhos que percebeu o grande potencial de nossa cidade e em 1987 realizou a primeira edição do Enduro da Cuesta, prova essa que tornou-se válida pelos campeonatos paulista e brasileiro e  reconhecida nacionalmente pela paisagem maravilha e pelas belas disputas.

Com o passar das edições aliado ao afiando faro empresarial, o Carlinhos percebeu que era o momento de migrar a um outro formato de disputa do motociclismo e em 1998 lança o Arena Cross, modalidade realizada em circuito fechado, e com toda segurança exigida, sendo hoje um dos grandes eventos do motociclismos que viaja por todo o Brasil lotando as arquibancadas e levando com ele uma grande quantidade de equipes que os acompanham.

Hoje empresário de sucesso, Carlinhos Romagnolli londrinense de nascimento, mas botucudo de coração e alma, sempre se dedicou ao que faz com muita garra e desde mocinho, me lembro dele atuando junto ao esporte em Botucatu, e digo, nunca fomos próximos, mas o Carlinhos de modo cordial e educado com quem conversa, sempre dispensa um pouco de sua atenção.

O Arena Cross iniciado em 1998 com o Carlinhos, alguns de seus familiares e um grupo de amigos trabalhando de forma séria e profissional, dura e coesa, começaram pequeno, mas com a dedicação e o gosto, fizeram crescer, e assim hoje, o Arena Cross além do “know how” de duas décadas conta com uma estrutura digna de qualquer evento de porte internacional e por isso é considerado o maior evento do motociclismo nacional, premiado 7x com o Guidão de Ouro.

Nas comemorações dos 164 anos de Botucatu, tive o privilegio de pela primeira vez assistir o Arena Cross e fiquei impressionado com a organização, estrutura e o modo que se realizou as provas. Quem esteve lá na pista e acomodado na estrutura bem montadas ao lado do Shopping Botucatu do amigo Faraldo e parceiro do retorno do Arena aqui em Botucatu, estes sabem do falando.

Não sei o que levou as gestões passadas do Poder Executivo local, criarem um hiato desta prova, críticas a quem é da Casa/Botucatu sempre vai ter e não vou ao mérito, pois a mim não cabe. Parabéns amigo e prefeito Mario Pardini, que baita evento nos propiciou o prefeito bom de bola e campeão de gestão, pois é inegável que o Arena Cross deve voltar ao calendário dos botucatuenses, notem o volume de alimentos arrecadado na troca pelo ingresso.

Além disto, o Arena Cross gera várias formas de receitas, movimentando a economia local como: restaurantes, almoços que desta vez se deu mais forte na praça de alimentação do Shopping, hospedagem, gastos diversos no comércio, uso de serviços, além de levar o nome de Botucatu pela mídia televisiva para todo o mundo através das transmissões ao vivo do evento, justificando o retorno a princípio realiza-se a prova em 2020. Deixo aqui, o que para mim foi uma entre tantas e gratas surpresas, o número de pessoas de Botucatu e outras cidades trabalhando e um grupo de botucatuenses que se deslocam com o Arena Cross.

Parabéns Carlinhos e esposa, parabéns ao querido Leandro, moço competente e postura de empresário moderno, felicitações caro Ricardo Micheletti e esposa junto da cunhada Angélica que todos com toda simpatia assistiram as provas ao nosso lado, desejando que o sucesso sempre os acompanhe.

 

                   O único lugar onde o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário.             Albert Einstein

Antonio Roberto Mauad – Turquinho. MBA em Administração Pública e Gerência de Cidades, colaborador deste jornal.










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.