Botucatu, quinta-feira, 17 de Outubro de 2019

Colunista Bahige Fadel Professor
28/06/2019

SEI NÃO.



                 Sei não. Estou meio ressabiado. Estou achando que nas águas do Brasil tem gente torcendo pelo jacaré. Tem gente que quer que ele vença o Tarzan. Não é possível! Algumas pessoas só conseguem olhar para o seu próprio umbigo. Não conseguem ver o que está além do seu corpo. Está parecendo aquela música do Caetano Veloso, em que ele diz que ‘Narciso acha feio o que não é espelho’. Dá para adaptar para essas pessoas. Elas acham errado o que não é espelho. Desse jeito não vai dar certo. E quando tudo estiver irremediavelmente errado, todos nós sofreremos as consequências. Os a favor e os contras. Não escapará ninguém.

                O Brasil numa situação deplorável, e algumas pessoas brigando pelo poder. Nem que o poder, com a desgraça, não represente muita coisa, querem o poder. Não querem que esse poder esteja na mão dos outros. Fazem de tudo para que nada dê certo. Parece que não percebem que todos estão no mesmo barco, e ficam furando o barco para que os outros afundem. Em sua obsessão doentia, não percebem que, se o barco afundar, todos naufragarão.

                A tal da reforma da previdência parece ser o mote para toda a discórdia. Ela serviu para que o executivo e o legislativo ficassem puxando o cabo de guerra, para ver quem leva a melhor, quem é o mais poderoso. Ninguém quer ser ‘derrotado’, isto é, ninguém quer perder absolutamente nada e, se possível, todos querem conseguir dividendos para eleições futuras. E a assessoria do presidente não ajuda. Parece que quer ver o circo pegar fogo. Mas se o circo pegar fogo, não haverá mais espetáculo para ninguém. E todos terão que chorar as suas perdas.

                Batendo na mesma tecla, está difícil saber o que acontecerá com essa reforma da previdência. Se o Presidente bater o pé e não quiser mudar nada, o projeto não passará e o Brasil sairá perdendo. Se o Presidente ceder tudo que o Congresso deseja, o projeto passará, mas não resolverá absolutamente nada e o Brasil, em curto espaço de tempo, ficará ingovernável.

                Então, qual é a solução? Que cada lado ceda um pouco, naturalmente. O que é importante é que o governo tenha mais dinheiro para governar e a previdência tenha condições de arcar com as suas responsabilidades, principalmente com os aposentados e pensionistas, no futuro. É tão difícil perceber isso? Mas só consegue ver quem olha. Se as pessoas não olham para nenhum lado, além do próprio umbigo, só conseguirão ver seus umbigos, não as necessidades do Brasil. E quanto mais tempo demora mais difícil fica. É como qualquer doença. Se você não tratar rapidamente, ela se agrava e a cura fica muito mais difícil.

                Será que essa novela vai ser mais longa que aquela antiga, da TV Tupi, O Direito de Nascer? Será? O Brasil não aguenta tanto tempo.

                                                                                                              BAHIGE FADEL

 










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.