Botucatu, sábado, 16 de Fevereiro de 2019

Cidade / Geral
07/02/2019

Com diferença de 69 votos, a oposição vence eleição no Sindicato dos Metalúrgicos



Foto - Assessoria do Sindicato/Divulgação

Por força do estatuto, o mandato do presidente do sindicato é de 4 anos tempo esse que o grupo eleito deverá colocar em prática seus planos de gestão 

 

Após as eleições que foram realizadas entre quarta e quinta-feira (6 e 7), a chapa de oposição “Mudando Para Melhor” encabeçada pelo funcionário da Embraer, Claudio Luiz Guimarães, conhecido como Beiço, venceu a chapa de situação que tinha como candidato Fabiano José Roque da chapa "Renovação e Experiência". O grupo derrotado estava no comando do sindicato havia 30 anos.

Para a realização da eleição, as urnas foram espalhadas em pontos estratégicos das empresas de metalurgia da Cidade, com a presença de fiscais de ambos os lados. Na contagem geral, após serem computados 869 votos,  Cláudio Beiço obteve 468 dos votos válidos contra 399 de seu adversário, uma diferença de 69 votos. A chapa vencedora só teve menos votos na empresa Irizar.

A advogado Luiz Gustavo Branco que prestou assessoria jurídica à chapa vencedora apontou que nenhum incidente foi detectado e a eleição transcorreu de maneira pacífica.  “Foi uma eleição democrática e os trabalhadores entenderam que era o momento da mudança”, disse o advogado.

Por força do estatuto, o mandato do Sindicato dos Metalúrgicos é de 4 anos tempo esse que Beiço, que assume em 15 de março,  deverá colocar em prática seus planos de gestão.  “Estivemos em todas as fábricas levando nossas propostas e agora vamos poder cumprir com o objetivo de melhorar a qualidade de vida de cada trabalhador. Só posso agradecer cada trabalhador que acreditou nesse projeto e a todos que estiveram comigo nessa caminhada”, ressaltou Beiço”. Vamos iniciar um novo tempo em nosso sindicato”, complementou o presidente eleito.











© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.