Botucatu, sábado, 23 de Março de 2019

Cidade / Geral
10/03/2019

Capivara é capturada pelo Grupo Ambiental em casa no Bairro Santa Maria



Essa espécie de animal é hospedeira do carrapato estrela que transmite a febre maculosa depois que ele pica um animal já infectado pela doença e, em seguida, entra em contato com o ser humano  

 

O Grupo de Proteção Ambiental (GPA) da Guarda Civil Municipal de Botucatu com os agentes Da Silva e Sarate foram acionados através do 199 para resgatarem uma capivara que estava em uma residência pelo Bairro Santa Maria.

O animal que estava em um cômodo em construção da referida residência foi resgatado, não sendo constatado nenhum tipo de ferimento, sendo assim foi solto em seu habitat natural. Em situação semelhante animais silvestres como este quando invadem a área urbana acabam sendo atacados por cães e, em alguns casos, são mortos.

Esse animal está incluída no mesmo grupo de roedores ao qual se classificam as pacas, cutias, os preás e o porquinho-da-índia. Ocorre por toda a América do Sul ao leste dos Andes em habitats associados a rios, lagos e pântanos, do nível do mar até 1 300 m de altitude. Extremamente adaptável, pode ocorrer em ambientes altamente alterados pelo ser humano.

O agravante é que essa espécie de animal é hospedeira do carrapato estrela que transmite a febre maculosa depois que ele pica um animal já infectado pela doença e, em seguida, entra em contato com o ser humano.  Vários casos de morte por febre maculosa já foram registrados no estado de São Paulo.










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.