Botucatu, segunda-feira, 23 de Setembro de 2019

Cidade / Geral
29/03/2019

Botucatu está entre as 10 cidades premiadas com melhor saneamento do País



Poá, Santos, Franca, Pindamonhangaba, Taubaté, São José dos Campos, Botucatu, Guariba, Santa Ernestina e Lins estão no ranking divulgado pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental

 

Poá, Santos, Franca, Pindamonhangaba, Guariba, Santa Ernestina e Lins vão ser premiadas neste ano pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes) por figurarem entre as cidades com melhor saneamento do Brasil. Os investimentos da Sabesp em abastecimento de água e coleta e tratamento de esgotos contribuíram para colocar os municípios entre os 10 primeiros do país, de acordo com levantamento da Abes - edição 2018, entre as cidades de grande e de médio/pequeno porte.

Na categoria “Rumo à Universalização”, a média geral do Brasil foi de 496,05 pontos. Entre as de grande porte, as cidades top 10 da Sabesp alcançaram notas maiores: Poá (499,98); Santos (499,87); Franca (497,83); e Pinda (497,73). Além dessas, a Companhia também tem entre as 29 melhores do ranking os municípios de Taubaté, São José dos Campos e Botucatu.

Em Poá, a mais bem colocada entre as quatro atendidas pela Companhia, a Sabesp prevê investir, nos próximos 30 anos, R$ 71,2 milhões para captação e tratamento de água, reservação, redes e ligações, redução de perdas e troca de redes antigas para acompanhar o crescimento populacional. E mais R$ 90,2 milhões na ampliação do sistema de coleta e afastamento de esgoto no município (coletores, interceptores, redes e ligações e troca de redes antigas). O investimento em esgoto ainda contribuirá diretamente para a despoluição dos córregos do município.

Entre os municípios de pequeno e médio portes – até 100 mil habitantes -, dez serão premiados. Destes a Sabesp coloca três cidades no ranking: Guariba (499,12); Santa Ernestina (498,53) e Lins (498,42), todas com pontuação maior do que a média nacional.

Compõem o estudo quase 2 mil municípios cujos dados foram fornecidos ao Sistema Nacional de Informações de Saneamento (SNIS2), o que representa 34% dos municípios do Brasil e 67% da população do país. O ranking avalia o percentual de pessoas atendidas pelos serviços de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto e também a coleta e destinação de resíduos sólidos.

A premiação das cidades vai ocorrer dentro da programação do II Simpósio Ranking ABES, nesta quinta-feira (28), das 9 às 12 horas, no auditório do CRQ (Conselho Regional de Química), em São Paulo.  O ranking completo pode ser consultado no site da ABES pelo link: http://abeseventos.org.br/2019/02/22/ranking2018/.










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.