Botucatu, quinta-feira, 27 de Junho de 2019

Cidade / Geral
24/04/2019

Sindicato dos Trabalhadores Municipais buscam negociação salarial de 2019



Vereadora Rose Ielo pede que o Município cumpra com o que foi discutido em assembleia

 

De acordo com Assembleia, a entidade vai pleitear um ganho de 3% acima do índice oficial de inflação, além de reajuste e equiparação no vale compras alimentação e resolver a questão da Progressão Funcional, parada desde 2012


O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Botucatu (Sispumb), Fernando Pascussi, protocolou convites aos dirigentes de entidades ligadas à Prefeitura, além de vereadores e do vice-prefeito André Peres. O objetivo é somar forças nas negociações salariais de 2019.

 De acordo com Assembleia, a entidade vai pleitear um ganho de 3% acima do índice oficial de inflação, além de reajuste e equiparação no vale compras alimentação e resolver a questão da Progressão Funcional, parada desde 2012. “Não podemos sair dessa negociação sem definir como será feita a progressão, de uma vez por todas. Recebemos apoio da Câmara e por isso convidamos os vereadores e os presidentes do Botuprev e da ATFPMB”, comenta Pascussi. 

Na Câmara onde as discussões salariais são realizadas, a vereadora Rose Ielo [PDT] se antecipou ao tema e encaminhou por meio de um requerimento, um pedido para que o Município cumpra com o que foi discutido em assembleia pelo sindicato que representa os servidores públicos municipais. O documento foi apresentado durante a última sessão ordinária realizada na Câmara Municipal e aprovado pelos demais legisladores.

 O documento, que conta com a assinatura do vereador Carlos Trigo [PDT] foi encaminhado ao prefeito, Mário Pardini e ao secretário de Governo, Fábio Leite, pedindo para que ambos envidem esforços para atender as reivindicações dos servidores públicos municipais estabelecidas em Assembleia Geral da categoria no dia 11 de abril, bem como façam gestão no sentido de garantir o reajuste da inflação pelo índice IPCA apurado nos últimos 12 meses [abril/2019 a maio/2018], estimado em aproximadamente 4,81%. Cópia do requerimento também foi encaminhada ao Sindicato dos Servidores Públicos Municipais e a Associação dos Trabalhadores e Funcionários Públicos Municipais, para conhecimento.

O requerimento aborda as seguintes reivindicações sobre a revisão geral anual de salários: que os salários da categoria sejam reajustados com ganho real de 3% acima da inflação a ser apurada no período, recuperando parte das perdas acumuladas que chegam a 20%; no vale alimentação, que seja reajustado com ganho real de 3% acima da inflação, pois a inflação apurada não condiz com a realidade de preços. Existe o consenso da categoria quanto a equiparação do mesmo, por uma questão de isonomia e valorização do servidor de carreira que tem um histórico de dedicação ao serviço público municipal; sobre a progressão funcional, cientes da pesquisa econômica solicitada pelo sindicato, foi reiterado ser esta a principal demanda da categoria, pois o descaso com a progressão funcional se estende por 7 anos.










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.