Botucatu, sábado, 24 de Agosto de 2019

Cultura / Educação
26/10/2018

CEPRA faz torneio interno e arrecada 5 mil brinquedos à Oncologia Pediátrica



Embora tenha prevalecido o espírito competitivo, a finalidade principal foi fazer a integração dos meninos e meninas do colégio desenvolvendo a prática desportiva convivendo com vitórias, derrotas, superação e sucesso

 

Esta semana o Centro Educacional Professor Reinaldo Anderlini – CEPRA, realizou o seu tradicional Torneio Interclasses que movimentou dezenas de estudantes do Ensino Fundamental II (6º ano) e Ensino Médio (até o 3º ano do colegial).  A disputa aconteceu nas modalidades esportivas, como: Queimada, Basquete,  Voleibol, Cabo de Guerra, Dama e Futebol. A supervisão dos jogos coube ao diretor Rodrigo Casali e a coordenadora Elen Carrega.

A orientação e distribuição das equipes masculinas e femininas (mistas) foi feita pelos professores para a disputa das modalidades esportivas. Embora tenha prevalecido o espírito competitivo, a finalidade principal foi fazer a integração dos meninos e meninas do colégio desenvolvendo a prática desportiva convivendo com vitórias, derrotas, superação e sucesso. Além do congraçamento os jogos deram oportunidade aos alunos para mostrarem o potencial competindo no esporte preferido. 

 

Prova Solidária

Também alunos e alunas participaram da prova solidária que arrecadou mais de 5 mil brinquedos que foram encaminhados às crianças do Departamento de Oncologia Pediátrica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Unesp de Botucatu (HCFMB). Foi preciso um ônibus para levar tudo o que foi arrecadado.

“A escola CEPRA agradece aos alunos, pais, professores e cada ser humano maravilhoso que doou um brinquedo em prol desta causa tão bonita. A Brinquedoteca do hospital da Unesp precisa de muitos brinquedos”, disse o diretor Rodrigo Casali, lembrando que se uma criança se apegar a um brinquedo, ao receber alta, pode levar pra casa. “Foi um movimento de humanidade e prática do bem”, acrescentou o diretor.

Vale destacar que a Oncologia Pediátrica se ocupa do diagnóstico e tratamento do câncer em crianças. A Unesp propõe tratamento humanizado para essas crianças e adolescentes, onde a escola tem papel primordial. O estudar, aprender, relacionar-se atuam diretamente na auto-estima da criança, permitindo sentimento de superação além de recreação e crescimento pessoal. Na escola a criança deixa, por algumas horas, de ser paciente e volta a ser criança.










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.