Entre os dias 21 a 25 de novembro a Cidade de Botucatu fo" />
 
 
Botucatu, terça-feira, 23 de Julho de 2019

Cultura / Educação
27/11/2018

Programação cultural movimentou Botucatu em cinco dias de atividades



Fotos: Alexandre Apóstolo

Entre os dias 21 a 25 de novembro a Cidade de Botucatu foi bastante movimentada com dois grandes eventos que ofereceram diversas atrações musicais: a 15ª edição do Botucanto e a edição botucatuense da Virada Cultural Paulista 2019. Além de cantores locais, grandes nomes da música nacional, como Elba Ramalho e João Bosco, se apresentaram no palco principal da programação, no Espaço Cultural “Antônio Gabriel Marão”, na Avenida Dom Lúcio.

As atrações que movimentaram a Cidade

 

Dia 21/11 (quarta-feira)
20h – Mostra de Canções, no Espaço Cultural 
- Valdir Verona: músico gaúcho que desenvolve trabalho de resgate da viola caipira na música do Sul do país. 
- Duas Casas: O duo Bezão e NôStopa apresentou canções inspiradas na música folk dos anos 60 e 70, sob uma ótica contemporânea e brasileira.

- Luiz Salgado: o músico mineiro mostrou suas composições calcadas na folia de reis e no congado.

 

Dia 22/11 (quinta-feira)
20h – Mostra de Canções, no Espaço Cultural
- Andréia Preta: A cantora apresentou baião, xote, maracatu, ciranda, coco, samba e sonoridades modernas, incluindo elementos do rock.

- Vertin Moura: Músico com influências que passam pela música clássica, MPB e ritmos pernambucanos.

- Totonho: parceiro de Zeca Baleiro, Chico César, já foi premiado em edições anteriores do Botucanto. Canções inspiradas pela força da poesia regional em diálogo com a música universal.

- Peri Pane & Arruda: Mistura de música e poesia do compositor Peri Pane e do poeta Arruda, no projeto Canções Velhas para Embrulhar Peixes.

 

Dia 23/11 (sexta-feira)
20h – Mostra de Canções, no Espaço Cultural 
- Thiago K: o paulistano mostrou suas canções premiadas em diversos festivais pelo Brasil.
- Isabela Moraes: a cantora foi vencedora do Botucanto em 2015.

- Raul Misturada: premiado em edições anteriores do Botucanto, apresentou suas composições marcadas pela poesia e pelo experimentalismo.
- Bernardo Pellegrini: cantor e compositor paranaense trouxe o show “Outros Planos”, com pitadas de rock, blues, jazz e MPB.

 

Dia 24/11 (sábado)
18h – Festival Cantos da Cuesta
Apresentação de 12 canções concorrentes

 

Shows
21h- Elba Ramalho: uma das maiores vozes do Brasil, a cantora e atriz paraibana mostrou os seus sucessos inesquecíveis.

23h30 – Guilherme Ventura: jovem compositor e multi-instrumentista mineiro, uma das revelações da música brasileira, apresentou canções do seu primeiro álbum solo e autoral “Dois Lados”.

00h30 - Sax On The Beats: duo de sax e bateria que chamou a atenção pelas apresentações divertidas, com músicas que estão na ponta da língua do público e figurino irreverente.

01h - Mesclado: grupo que mistura samba rock e hip-hop

 

Dia 25/11 (domingo)

15h30 – Mão no Samba e Moreiras da Silva: Roda de samba com dois grupos botucatuenses

17h – Sandália de Prata: banda que passeia pelo samba-rock, gafieira e partido alto, com temperos de jazz, soul e rap. No palco, toda essa mistura vira um animado baile, com direito a muito suingue e arranjos refinados.

18h30 - Manga Rosa: grupo tocou o melhor da reggae music sempre com apresentações cheias de energia

19h30 – João Bosco: um dos maiores compositores brasileiros de todos os tempos cantou seus  sucessos clássicos como “Papel Marchê”, “O Bêbabo e o Equilibrista”, “Kid Cavaquinho” e muitos outros.

 










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.