Botucatu, sexta-feira, 24 de Maio de 2019

Cultura / Educação
06/03/2019

Escola de Samba Mocidade Unida da Vila Falcão é campeã do carnaval de Bauru



Fotos: Alex Bento

 

Agremiação cantou o enredo “Da batalha pelos trilhos às glórias da panela”, que contou a história da Vila Falcão e foi a última escola a desfilar no sábado (25) trazendo 700 integrantes, quatro carros alegóricos e oito alas

 

A escola de samba Mocidade Unida da Vila Falcão é a grande campeã do Carnaval de Bauru. O anúncio oficial aconteceu na tarde desta quarta-feira (6), quando os envelopes com as notas dos jurados, que analisaram os nove quesitos em disputa, foram conhecidas.  A apuração dos desfiles do Carnaval de Bauru foi realizado no Auditório do Centro Cultural. O evento foi coordenado pela secretaria de Cultura e empresa contratada (AG Eventos). 

Ao final da apuração a Mocidade Unida da Vila Falcão somou 179,3 pontos. A escola cantou o enredo “Da batalha pelos trilhos às glórias da panela”, que contou a história da Vila Falcão. Ela foi a última escola a desfilar no sábado (25) trazendo 700 integrantes, quatro carros alegóricos e oito alas. Com o título, a Mocidade garante o terceiro troféu conquistado nos últimos quatro anos (venceu também as disputas em 2016 e 2017).

Em segundo lugar ficou a Acadêmicos da Cartola que mantinha hegemonia de quatro anos, cm títulos seguidos de 2012 a 2015, com 178,8 pontos. Em terceiro empatarfam a Coroa Imperial e Tradição da Zona Leste com 171,4 pontos. Pelo critério do desempate, o terceiro lugar ficou com a Coroa. A Tradição da Bela Vista teve 167,3 pontos, mas já tinha sido desclassificada por não apresentar o número mínimo de participantes exigido.

 

Entre os blocos deu Tibiriça

O bloco Estrela do Samba de Tibiriçá, com 98,9 pontos, é o grande vencedor do Carnaval de Bauru em sua categoria. É a primeira vez que a agremiação conquista o título. O Pé de Varsa ficou em segundo com 98,6 pontos e o Esquadra da Indepa em terceiro com 98,2 pontos. Os farofeitos ficou em quarto com 97,90.

Os blocos Império da Lagoa do Sapo e Dragões da Vila foram desclassificados por apresentarem número de integrantes abaixo do mínimo exigido.

 

Comissão julgadora

Neste ano os trabalhos no Sambódromo foram marcados por novidades. Ao todo, 28 pessoas compuseram a Comissão Julgadora indicados da AG Eventos. Um grupo de personalidades de Botucatu formado por jornalistas, figurinistas, professores de dança, coreógrafos, estilistas, músicos, entre outros, atuaram como jurados para decidir a escola de samba e bloco que foram campeões do carnaval de Bauru.

Evento foi coordenado pela Secretaria de Cultura e empresa contratada (AG Eventos). Jurados avaliaram os 9 quesitos que estavam em disputa, aos olhos de milhares de pessoas em dois dias de espetáculo (sábado e segunda-feira). O convite para que essas personalidades botucatuenses participassem do carnaval de Bauru foi feito pela promotora de eventos, Terezinha Berchior.

 

 Os quesitos

Cada quesito foi avaliado por dois jurados, totalizando 18 julgadores para escolas e dez para blocos.  As cinco agremiações que se apresentaram neste carnaval foram avaliadas nos quesitos, sendo eles, bateria, samba-enredo, harmonia, evolução, enredo, alegorias e adereços, fantasias, comissão de frente e mestre-sala e porta-bandeira, nesta ordem. Já para a avaliação dos 10 blocos especiais foram julgados a performance da bateria, samba-enredo, evolução/empolgação, enredo e fantasias/alegorias e adereços.

Segundo a prefeitura de Bauru, o carnaval 2019 da cidade reuniu cerca de 30 mil pessoas no Sambódromo da cidade, sendo 14 mil espectadores no primeiro dia de desfiles, no sábado (2), e outras 16 mil pessoas no domingo (4).










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.