Botucatu, segunda-feira, 22 de Julho de 2019

Política
07/10/2018

Eleitores de Botucatu protagonizam uma das eleições mais tranqüilas da história



Outro ponto positivo foi com relação à agilidade dos eleitores para exercer o direito do voto que tivessem que votar por seis vezes (presidente da República, governador do Estado, senadores (2), deputado estadual e deputado federal)

 

Muita tranqüilidade. Foi esse o clima das eleições em Botucatu neste domingo, nenhuma ocorrência de natureza grave foi registrada durante todo o dia e nenhuma punição foi aplicada pelo Juiz Eleitoral da Comarca, Wellington Barison, que vistoriou as três cidades que fazem parte da Comarca: Botucatu, Itatinga e Pardinho. Também a chefe do Cartório da 26ª Eleitoral, Igor Ignácio, não registrou nenhum de relevância com as urnas, nem com eleitores.

Também nenhuma autuação foi feita pela Justiça Eleitoral, com relação à boca de urna, com cabos eleitorais abordando eleitores nas proximidades dos locais de votação. Isso sem falar que se poucas pessoas com camisetas dos seus respectivos candidatos, fato que foi autorizado pelo Supremo Tribunal Eleitoral (TSE).

Outro ponto positivo foi com relação à agilidade dos eleitores para exercer o direito do voto. Embora tivessem que votar por seis vezes (presidente da República, governador do Estado, senadores (2), deputado estadual e deputado federal), os eleitores levaram, em média, de três a quatro minutos para votar. Com isso poucas filas foram formadas ao longo do dia, exceto no período da manhã onde o comparecimento do público foi bem maior, havendo certa demora para identicação do eleitor pelo sistema biométrico.

No que diz respeito à Segurança Pública, a Polícia Militar (PM) e a Guarda Municipal, vistoriaram todos os pontos de votação e detectaram que houve um respeito muito grande por parte dos eleitores botucatuenses. Nenhum caso de relevância foi registrado, apenas alguns carros com adesivos de candidatos estacionados nas imediações dos pontos de votação foram orientados a deixarem o local e um caso de boca de urna.

Durante o transcorrer da eleição os candidatos de Botucatu visitaram os principais pontos de votação da cidade para buscar os últimos votos dos que ainda estavam indecisos. O clima entre os candidatos envolvidos no pleito foi de perfeita harmonia e confraternização.

Eles se encontraram em diferentes pontos de votação, principalmente, na região da Catedral Metropolitana de Botucatu, onde estão instaladas seis escolas que receberam os eleitores: Colégio La Salle, Santa Marcelina, Objetivo, Industrial, Cardosinho e EECA. Em entrevista a diferentes órgãos de imprensa da cidade, os candidatos falaram sobre suas expectativas.










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.