Botucatu, sábado, 25 de Maio de 2019

Política
09/04/2019

Permanência de Unidade Regional do Meio Ambiente é debatida na Câmara



Vereador aponta que a unidade atende casos de conciliação de multas de crimes contra o Meio Ambiente, proteção à Área de Proteção Permanente e atendimento aos criadores preservacionistas de aves

 

Na sessão ordinária desta segunda-feira, dia 8, os vereadores da Câmara Municipal de Botucatu aprovaram requerimento elaborado pelo parlamentar Antônio Vaz de Almeida – Cula (PSC) e encaminhado a várias autoridades, solicitando a permanência da Unidade Regional de Atendimento Técnico (URAT), subordinado ao Núcleo Regional de Programas e Projetos (NRPP) sediado em Sorocaba e à Secretaria Estadual de Meio Ambiente. O órgão do governo estadual funciona no prédio do Poupatempo, no Jardim Paraíso. Isso porque o governador João Doria anunciou a desativação de todos as URATs espalhados pelo interior paulista entre elas a de Botucatu.

Em sua justificativa Cula aponta que a URAT atende a mais de 20 municípios da região em casos de conciliação de multas de crimes contra o Meio Ambiente (caça, pesca, desmatamento, incêndio, entre outros), proteção a APP - Área de Proteção Permanente (como preservação de nascentes e matas nativas), preservação da fauna e flora silvestre, atendimento aos criadores preservacionistas de aves, entre outros.

“Além disso, está instalado em Botucatu o único Poupatempo Ambiental do Interior Paulista, com um grande espaço físico e a desativação da nossa URAT irá prejudicar milhares de pessoas que, para realizar suas demandas na área de Meio Ambiente, terão que se deslocar até Sorocaba”, aponta Cula.

Ele pede que o documento seja encaminhado ao secretário estadual de Meio Ambiente, Marcos Penido. “Nosso objetivo é que seja evidenciado esforços na esfera estadual para que o governador mantenha a URAT em Botucatu ou que aqui seja criado um Núcleo Regional de Programas e Projetos (NRPP), para funcionar no prédio do Poupatempo Ambiental”, sugere o vereador do PSC.

Também o parlamentar solicita que a propositura seja encaminhada ao governador João Dória; ao deputado estadual Fernando Cury; ao Secretário Municipal do Verde de Botucatu, Márcio Piedade Vieira;  ao prefeito de Botucatu Mário Pardini; ao Núcleo Regional de Programas e Projetos (NRPP), de Sorocaba; e à  diretoria da Unidade Regional de Atendimento Técnico (URAT) de Botucatu.










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.