Botucatu, segunda-feira, 20 de Maio de 2019

Política
09/04/2019

Policiais do 12º Batalhão de Botucatu recebem homenagem por gesto humanitário



Fotos - Lucas Machado

 

A propositura foi assinada por todos os vereadores do Legislativo botucatuense em razão da condução de um adolescente de 15 anos de idade ao Município de Bauru para ser submetido a uma cirurgia emergencial

 

Através da iniciativa do vereador Ednei Carreira (PSB), presidente da Câmara Municipal de Botucatu, três policiais militares do 12º Batalhão de Botucatu receberam moção de congratulações em razão da atuação em um caso humanitário na condução de um adolescente de 15 anos de idade ao Município de Bauru para ser submetido a uma cirurgia emergencial.

A propositura apresentada na sessão ordinária desta segunda-feira (8) foi assinada por todos os demais vereadores do Legislativo botucatuense. Os homenageados foram: sargento  Rosivaldo Dias e soldados Paulo Henrique Nascimento Castanho e Tiago Daniel Corrêa de Moraes.

Na semana passada esses policiais realizaram uma escolta até São Paulo e encerrariam a jornada de trabalho em Botucatu.  Entretanto, no retorno, já na SP-209  Rodovia João Hipólito Martins (Castelinho), faltando apenas 10 km para o término da missão, a equipe deparou-se com uma ambulância quebrada parada no acostamento e ocupada por um paciente (adolescente de 15 anos), com sua mãe e o motorista. A mulher, em ato de desespero, mesmo às escuras, solicitava apoio aos motoristas que por ali passavam e foi atendida pela equipe da PM.

Ela relatou que haviam partido de Mogi das Cruzes, com destino a Bauru, para que o adolescente fosse submetido a uma cirurgia emergencial, em decorrência de uma disfunção respiratória e que teriam hora para dar entrada ao hospital sob pena de cancelamento do procedimento cirúrgico, o que colocaria em risco a vida do adolescente.

A mulher disse que a ambulância ficou inoperante por várias horas até o atendimento da PM que embarcou a família na viatura policial e ela e o menino foram conduzidos ao local de destino. Ao questionarem a senhora sobre as condições financeiras, esta confessou que possuía apenas um cartão de crédito para pequenas despesas pessoais e que não dispunha de recursos para permanecer no Município de Bauru.

Os três policiais ofereceram como doação a quantia que dispunham em espécie no momento, que embora não sendo muita, foi de grande ajuda. Posteriormente a mulher informou a situação clínica do filho e a equipe de policiais durante uma visita ao garoto que se chama Patrick, recebeu a notícia da sua alta hospitalar e foram trazidos para Botucatu, onde embarcaram na ambulância com destino a Mogi das Cruzes.

 










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.