Botucatu, segunda-feira, 20 de Maio de 2019

Política
09/04/2019

Parlamentar sugere câmera em área rural para flagrar descarte irregular de resíduos



Requerimento aponta que o dispositivo com tecnologia capaz de filmagens no período noturno por meio dos vídeos poderia identificar os veículos que transportam o referido material

 

Em busca de uma solução para os recentes registros em flagrante do descarte de lixo em pontos da zona rural do município, o vereador Paulo Renato [PSC] utilizou seu espaço durante a última sessão ordinária realizada na Câmara Municipal de Botucatu para cobrar a instalação de câmeras de segurança em diferentes pontos da cidade. A solicitação acabou aprovada pela unanimidade dos demais legisladores.

O documento teve dois destinatários. O primeiro deles, o prefeito municipal, Mário Pardini, solicitando que o mesmo informe sobre a possibilidade de investir na instalação de câmeras de segurança no acesso das principais estradas rurais que hoje são utilizadas com mais frequência para o descarte de lixo irregular em áreas de proteção ambiental. O segundo foi o deputado estadual, Fernando Cury, pedindo para que o mesmo destine ao município, por meio de emenda parlamentar e conforme disponibilidade orçamentária, recursos para a aquisição das câmeras de segurança.

De acordo com o documento, há anos Botucatu convive com problemas de crimes ambientais relacionados ao descarte irregular de lixo em áreas verdes ou zonas rurais do município, que acabam degradando o solo e interferindo diretamente na paisagem de locais de grande apelo turístico e que recebem milhares de visitantes. Nos últimos meses, a GCM intensificou o patrulhamento nessas regiões, tendo inclusive identificado e autuado por crime ambiental diversos munícipes que despejam o referido material nas áreas de proteção.

O vereador reconhece o esforço, mas defende a necessidade de uma ação nesse sentido. “Mesmo sendo satisfatório, o número de flagrantes ou crimes de autoria identificada ainda é pequeno se comparado ao tanto de lixo que é despejado. A instalação de monitoramento por meio de câmeras com tecnologia capaz de filmagens no período noturno seria de grande valia no combate desse material descartado, uma vez que por meio dos vídeos seria possível identificar os veículos que transportam o referido material e de posse de informações como modelo e placa, seria mais fácil a identificação dos mesmos”, informa Paulo Renato.

 










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.