Botucatu, terça-feira, 18 de Junho de 2019

Regionais / Brasil
22/06/2017

Cartório Eleitoral faz lacração de urnas para eleição em Itatinga



Processo será acompanhado pelo juiz eleitoral responsável pela  26ª Zona Eleitoral, Josias Martins de Almeida Júnior

 

Em edital, o juiz eleitoral Josias Martins de Almeida Júnior, da 26ª  Zona Eleitoral de Botucatu, que também agrega os municípios de Pardinho e Itatinga, seguindo normas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) está comunicando fiscais dos partidos políticos, coligações e aos representantes do Ministério Público e da Ordem dos Advogados do Brasil e a outros interessados ao procedimento de geração de mídias, carga e lacração das urnas para a eleição do prefeito de Itatinga marcada para o dia  02 de julho de 2017.

O encontro acontece nesta sexta-feira, dia 23,  às 12 horas, nas dependências do Cartório Eleitoral, situado na Rua Monsenhor Ferrari, nº 466, Centro, e será feito pelos servidores do Cartório Eleitoral Igor Ignácio, Adriana Cecília Lordelo Wludarski, Celene Cristina  Calore, Dimas Benedito Giudice, Hélio Tadeu Corrêa Colber, Jane Lúcia de Souza Moraes Leme, Marcella Martin de Souza Leite, Maria Cristina Ferraz da Silveira Alves e Thais de Avellar Pires Teófilo.

Após a gravação das mídias de carga e votação e a geração das mídias de resultado de votação, dos Sistemas Verificação Pré e Pós Eleição (VPP), Recuperador de Dados (RED), Apuração (SA), proceder-se-á à preparação das urnas eletrônicas que serão utilizadas no pleito do próximo 02 de julho, por meio da inclusão de tabelas, utilizando-se do cartão de memória de carga e inserindo-se os cartões de memória de votação e as mídias de resultado nos respectivos compartimentos, realizando-se os devidos testes de funcionamento. A seguir, serão colocados os lacres.

Em ato contínuo, proceder-se-á à carga, observando-se o mesmo procedimento das urnas de votação. As urnas eletrônicas de contingência, destinadas a substituir aquelas que apresentarem defeito durante a votação, serão também preparadas e lacradas, e, após os testes de funcionamento, serão retirados o cartão de memória de votação e a mídia de resultado de votação e colocados os lacres devidamente assinados.

Em seguida, os cartões de memória de contingência, que poderão ser utilizados em caso de insucesso na substituição da urna que apresentar defeito serão acondicionados, um a um, em envelopes lacrados, assinados pelos presentes. Os cartões de memória de carga serão também acondicionados em um envelope lacrado e assinado pelos presentes.

Por derradeiro, será verificado se as urnas de lona, destinadas a eventual votação por cédula, estão completamente vazias e, uma vez fechadas, serão colocados lacres. O edital é  assinado pelo chefe do Cartório eleitoral Igor Ignácio, que redigiu, digitou e conferiu o presente edital, o qual segue subscrito pelo Juiz Eleitoral.










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.