Botucatu, terça-feira, 18 de Junho de 2019

Regionais / Brasil
12/07/2017

Seccional realça Polícia Civil de São Manuel comandada por duas delegadas



Fotos - Valéria Cuter

Em São Manuel as duas principais delegacias são chefiadas por mulheres, sendo o 1º Distrito com coordenação da delegada Ana Carolina de Brito e na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) o comando é de Michela Aparecida Ragazzi

 

Em recente correição ordinária  realizada em São Manuel  pelo delegado seccional de Polícia Civil de Botucatu, Antônio Soares da Costa Neto, foram vistoriados os procedimentos policiais (inquéritos, termos circunstanciado de ocorrências, cartas precatórias, livros obrigatórios etc.), verificação de cumprimento de prazos, instaurações, escrituração e do fluxograma de documentos.

Foram verificados também os veículos, armamentos, munições e equipamentos, bem como as instalações físicas da unidade. Ao final do trabalho o seccional se mostrou satisfeito com a produtividade dos policiais civis e com os números de prisões em flagrante ou em operações programadas, assim como o número de inquéritos realizados nos últimos meses e encerrou a correição sem ressalvas.

Em São Manuel as duas principais delegacias são chefiadas por mulheres. A Central de Polícia Judiciária onde funciona o  Serviço de Investigações Gerais (SIG) está sob a coordenação da delegada Ana Carolina de Brito e na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) o comando é de Michela Aparecida Ragazzi. Sob o comando das duas delegadas, casos de grande repercussão foram elucidados.

“São duas profissionais da mais alta qualidade que apesar das dificuldades diárias mostram competência, abnegação e profissionalismo, trabalhando em sintonia com investigadores e escrivães, além de operações conjuntas com a Polícia Militar e Guarda Civil Municipal (GCM)”, elogiou o seccional. “São as forças de segurança atuando juntas para combater o inimigo da sociedade que é o criminoso”, acrescentou  Soares Neto.

A delegada Ana Carolina de Brito, estendeu os elogios aos policiais civis da cidade. “Todos, sem nenhuma exceção são merecedores dos elogios. São eles que vão a caça de criminosos, buscando esclarecer os mais variados tipos de crimes, arriscando a vida para o bem do cidadão, muitas vezes excedendo o expediente de trabalho. Tenho orgulho dessa equipe”, colocou Ana Carolina.

Michela Ragazzi realçou que se não fosse pela abnegação e amor a instituição por parte dos policiais, certamente, a produtividade não seria favorável. “Não podemos esquecer que muitas operações são realizadas, conjuntamente, com a  Polícia Militar e Guarda Civil Municipal.  Além disso contamos com o apoio do Ministério Público e Poder Judiciário”, complementou Michela.

Outra particularidade interessante de São Manuel é que outras duas importantes instituições da justiça são ocupadas por mulheres. São elas: juiza de Direito, Erica Regina Figueiredo, e a promotora de Justiça, Vivian Correa de Castro P. Ayres.










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.