Botucatu, terça-feira, 21 de Maio de 2019

Regionais / Brasil
11/10/2018

Motorista morre carbonizado em acidente registrado pela PM na Castello Branco



Foto – Divulgação/Polícia Rodoviária

 

Caminhão guincho, de Avaré,  trafegava pela citada rodovia, quando por razões ainda não esclarecidas veio a bater contra a traseira de uma carreta, placas de São Miguel Arcanjo,  com um carregamento de laranjas e incendiou-se

 

Um homem de 37 anos chamado Juliano Cruz Arca, morreu carbonizado nas ferragens do seu veículo, um caminhão VW que presta serviço de guincho, com placas de Avaré,  após sofrer um acidente registrado pela Policia Militar Rodoviária, como os cabos Carreira e Lima, na altura do km 218 da SP-280 Rodovia Presidente Castello Branco, Município de Itatinga,  por volta das 23h30 desta quarta-feira.

De acordo com o que está relatado em boletim de ocorrência (BO), Juliano trafegava com seu caminhão guincho pela citada rodovia, sentido interior/capital, quando por razões ainda não esclarecidas veio a bater contra a traseira de uma carreta, placas de São Miguel Arcanjo,  com um carregamento de laranjas.

Com o impacto da colisão o caminhão guincho incendiou-se, ocasionando a morte do condutor que teve o corpo carbonizado e preso nas ferragens do veículo. O próprio condutor da carreta acionou socorro, mas nada pode ser feito para salvar a vida do motorista. Em seu depoimento alegou que trafegava pela citada rodovia quando sentiu o forte impacto na traseira da carreta e parou no acostamento após alguns metros.

A Polícia Técnica Científica compareceu ao local para registrar as imagens e coletar dados objetivando preparar o lado pericial que poderá ajudar na elucidação do acidente.  Hipóteses levantadas no local dos fatos apontam que o caminhão poderia ter sofrido uma avaria mecânica no sistema de freios ou o condutor teria cochilado no volante.










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.