Botucatu, quarta-feira, 17 de Julho de 2019

Regionais / Brasil
04/11/2018

Iniciado neste domingo, horário de verão vigora em várias regiões brasileiras



Pessoas acordam uma hora antes do habitual, mas vão iniciar e completar as rotinas de trabalho uma hora antes, e terão sessenta minutos extras da luz do dia após a jornada de trabalho

 

Desde meia noite deste domingo (4), entrou em vigor o horário de verão quando os relógios foram adiantados em uma hora nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. A medida, que durará até 17 de fevereiro de 2019, permitirá maior aproveitamento da luz solar e evitará a necessidade de mais investimentos em geração e transmissão de energia, bem como o acionamento de usinas térmicas, segundo o Ministério de Minas e Energia. Em anos anteriores o horário se iniciou em setembro, mas foi adiado em 2018 em razão das eleições que ocorreram dias 7 e 28 de outubro.

Com o novo horário a pessoa passa a aproveitar o maior período de luz solar possível para economizar energia. Com isso, as pessoas acordam uma hora antes do habitual, mas vão iniciar e completar as rotinas de trabalho uma hora antes, e terão sessenta minutos extras da luz do dia após a jornada de trabalho.

O horário de verão foi adotado no Rio Grande do Sul, em Santa Catarina, no Paraná, em São Paulo, no Rio de Janeiro, Espírito Santo, em Minas Gerais, Goiás, em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal. A normativa, segundo estimativas do governo federal, gerará economia em investimentos que deixarão de ser feitos sem o acionamento de usinas térmicas.

No Brasil, a medida foi instituída pela primeira vez no verão de 1931 para 1932 pelo então presidente Getúlio Vargas.É adotada sempre nesta época do ano, quando os dias são mais longos por causa da posição da Terra em relação ao Sol. No fim do ano, há também um aumento na demanda por energia resultante do calor e do crescimento da produção industrial devido ao Natal.










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.