Desde o início da semana, chegam na redação do Alpha Notícias denuncias d" />
 
 
Botucatu, terça-feira, 21 de Maio de 2019

Regionais / Brasil
04/04/2019

Usuários denunciam transporte irregular e excesso de lotação nas linhas Botucatu/Pardinho



Desde o início da semana, chegam na redação do Alpha Notícias denuncias de  transporte irregular e excesso de lotação de passageiros nas linhas intermunicipal Botucatu/Pardinho. A polêmica seria por conta de atrasos rotineiros, empresas fazendo a linha com veículos irregulares, falta de manutenção dos veículos que trafegam em situação precária, além de atrasos constantes nas linhas.

Uma leitora que pediu sigilo sobre sua identidade, informou que os problemas são vários "Todos os dias necessitamos do transporte para virmos trabalhar, porém, a superlotação, atrasos constantes e estado precário de conservação dos veículos nos preocupa. As pessoas que não conseguem embarcar, ficam esperando do lado de fora do ônibus pra ver se cabe mais gente, é um absurdo", relata. "É comum mães com crianças ficarem "espremidas" no meio de tanta gente, vem muita gente de pé por conta de não haverem lugares suficientes para todos, é um perigo viajar assim. Já fomos até a Câmara Municipal (de Pardinho) reclamar mas até agora nada foi feito", finaliza.

Houveram  fiscalizações nos veículos no Terminal Rodoviário das cidades de Pardinho e  Botucatu, onde foram verificados veículos das empresas que estavam realizando o transporte de passageiros de Pardinho para Botucatu, sem autorização da ARTESP (Agência de Transportes do Estado de São Paulo), que é a empresa responsável pelo transporte intermunicipal. Consta que as empresas foram autuadas e que veículos foram apreendidos para a melhor averiguação dos fatos.

A ARTESP orienta que os usuários  que se sentirem lesados, podem denunciar as irregularidades para a ouvidoria,  através do Sistema Intermunicipal de Transportes para no número 0800.727.83.77 ou ainda pelo e-mail: ouvidoria@artesp.sp.gov.br .

 

 
 
 









© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.