Botucatu, quarta-feira, 26 de Junho de 2019

Regionais / Brasil
11/04/2019

Prefeituras de São Manuel, Areiópolis e Pratânia fazem sorteio de casas populares



Também foram sorteadas famílias suplentes, que ficarão na expectativa de serem chamadas, caso a documentação apresentada pelas famílias sorteadas não for aprovada pelo CDHU e Caixa Econômica Federal

 

Nesta quinta-feira (11/4), o secretário estadual da Habitação, Flavio Amary, realizou o sorteio de 400 moradias em três municípios da região de Botucatu. Foram 100 moradias em Areiópolis, 200 em São Manuel e outras 100 em Pratânia. Os empreendimentos foram viabilizados pela CDHU, que doou os terrenos à Caixa Econômica Federal e fez os sorteios. Também há participação da Agência Casa Paulista, com aporte financeiro total de R$ 12 milhões nos três conjuntos habitacionais. O banco federal licita e acompanha as obras, além de investir R$ 27,9 milhões nos empreendimentos, totalizando R$ 39,9 milhões para a finalização das 400 unidades habitacionais.

“Hoje tive o prazer de sortear casas para 400 famílias das cidades de Areiópolis, São Manuel e Pratânia. Agora estamos trabalhando para entregar, em breve, esses conjuntos a essas pessoas que mais precisam”, disse o secretário, em seguida destacando a importância e a rigidez dos processos de habilitação que acontecerão. “Na fase de montagem do dossiê que ocorre após o sorteio, é importante que a população exerça o papel de fiscal destes processos, entendam os critérios e denunciem quaisquer irregularidades. A casa é o bem maior da família e devemos prezar pelas regras”, completou.

Nos três empreendimentos as unidades habitacionais têm áreas totais de 49 m², dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. As moradias seguem o padrão de qualidade da secretaria estadual da Habitação: pisos cerâmicos em todos os cômodos, azulejos nas paredes hidráulicas, medição individualizada de água, aquecimento solar para chuveiros, acessibilidade, entre outras melhorias. A infraestrutura urbana é completa: pavimentação, paisagismo, iluminação pública, calçada, drenagem, muretas de divisa e redes de água, esgoto e elétrica.

Os critérios de enquadramento dos sorteados são definidos pela Caixa. A CDHU convocará os sorteados para cadastro e montagem do dossiê, que será encaminhado à Caixa para aprovação do financiamento das unidades.

O primeiro sorteio aconteceu em Areiópolis e contou com 1.061 famílias inscritas. O Conjunto Habitacional Areiópolis E terá 100 casas. Do total de unidades, são 88 para a população em geral, sete para famílias com pessoas com deficiência e cinco para idosos.  A Agência Casa Paulista realizou um aporte financeiro de R$ 3,3 milhões para a viabilização deste empreendimento, enquanto a Caixa investiu R$ 6,7 milhões.

Em São Manuel, foram sorteadas 200 casas entre 1.688 famílias inscritas. Do total de unidades, são 176 para a população em geral, 14 para famílias com pessoas com deficiência e 10 para idosos. A Agência Casa Paulista realizou um aporte financeiro de R$ 5,4 milhões para a viabilização deste empreendimento, enquanto a Caixa investiu R$ 14,5 milhões.

Já em Pratânia, foram 538 famílias inscritas para o sorteio das 100 casas. Do total de unidades, são 88 para a população em geral, sete para famílias com pessoas com deficiência e cinco para idosos. A Agência Casa Paulista realizou um aporte financeiro de R$ 3,3 milhões para a viabilização deste empreendimento, enquanto a Caixa investiu R$ 6,7 milhões.










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.