Botucatu, sábado, 19 de Outubro de 2019

Segurança
26/02/2018

PM registra crime de espancamento por homofobia no Distrito de Vitoriana



Vítima estava sentada na praça manuseando o seu telefone celular quando foi abordado por quatro elementos, que passaram a agredi-lo, covardemente, com socos e pontapés

 

Um caso registrado como lesão corporal dolosa praticado por homofobia tendo como vítima um rapaz de 22 anos foi atendido pelos policiais militares cabos Cristina e Roberto, na Praça Pedro Serra Negra. Distrito de Vitoriana, na noite deste domingo.

Esse rapaz estava sentado num dos bancos da praça manuseando o seu telefone celular  quando foi abordado por quatro elementos, que passaram a agredi-lo, covardemente, com socos e pontapés, causando-lhe vários hematomas, por não aceitarem sua condição de homossexual.

No relatório policial está contido que um dos agressores foi identificado e deverá ser preso nas próximas horas para dar sua versão da agressão em que participou e apontar os outros três agressores.

A vítima foi conduzida ao Pronto Socorro Regional de Botucatu, na Vila Assunção,  antes de prestar seu depoimento ao delegado Lourenço Talamonte Neto, no plantão permanente da Polícia  Civil, para que fosse confeccionado o registro digital de ocorrência (RDO).

Vale destacar que homofobia significa aversão, repugnância, medo, ódio, preconceito que algumas pessoas, ou grupos nutrem contra os homossexuais, lésbicas, bissexuais e transexuais. Em alguns casos, aqueles que guardam estes sentimentos não definiram completamente a sua identidade sexual, gerando dúvidas e revolta, que são transferidas para aqueles que já aceitaram as suas preferências sexuais.










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.