Botucatu, terça-feira, 18 de Junho de 2019

Segurança
27/12/2016

PM prende marginais que roubaram padaria e casa na zona rural da cidade



De acordo com o boletim de ocorrência (BO), no roubo da padaria dois marginais invadiram o estabelecimento comercial e renderam a operadora de caixa e um deles mostrou o revólver que trazia sob a cintura, anunciou o assalto

 

Juarez da Silva (foto) é o nome do cidadão que foi apontadao como autor de um roubo cometido na semana passada na região rural da cidade e suspeito de ter participado juntamente com Thomás Elson Correia, este já havia sido preso no final de semana, em um assalto à mão armada contra uma padaria instalada na Rua João Passos, Bairro do Lavapés.

O pedido de prisão contra Juarez foi feito pela delegada Simone Alves Tuono, que estava de plantão. Embora ele tenha as características do outro marginal que roubou a padaria, não foi reconhecido por testemunhas, mas sim por assaltar um casal na zona rural da cidade,  numa chácara com entrada pela rodovia vicinal SPA 241/300 Gastão Dal Farra, no Green Valley, na noite de sexta-feira, por volta das 23h45. O casal estava dormindo quando um tijolo foi arremessado contra a vidraça da cozinha. O homem levantou-se e abriu a porta para ver o que havia acontecido e acabou rendido pelos marginais, ou seja, Thomás e Juarez.  

Na sequência a mulher também foi rendida e ambos foram amarrados e trancados no banheiro. Com o casal dominado os ladrões vasculharam  casa à procura de objetos de valor e subtraíram dois televisores de tela plana, dois aparelhos de telefones celulares e uma moto Honda CG  vermelha 150cc.

Para prender os dois criminosos foi realizada uma operação conjunta que teve início na Praça Comendador Emílio Peduti - Bosque,  entre a Rondas Ostensivas Com Apoio de Motocicleta (Rocam), com os cabos Lofiego e Borges, e o Grupo de Ações Preventivas Especiais (Gepom) da Guarda Civil Municipal, com os agentes Ronaldo, Marcos, Devidé e Camargo. Na ocasião foi detido Juarez da Silva e este e apontou Thomás Elson Correia como co-autor do crime. Porém Silva não foi reconhecido como participante nesse assalto contra a padaria.

De acordo com o boletim de ocorrência (BO), no roubo da padaria Thomás e outro comparsa invadiram o estabelecimento comercial e renderam a operadora de caixa. Um deles mostrou o revólver que trazia sob a cintura, anunciando o assalto. Ele subtraiu o dinheiro do caixa (cerca de R$ 700,00 entre cédulas e moedas) e fugiu acompanhado do comparsa que deu cobertura ao crime. A ação criminosa foi gravada pelo sistema de segurança.










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.