Botucatu, quarta-feira, 16 de Outubro de 2019

Segurança
02/06/2018

Trio acusado de passar dinheiro falso no comércio é identificado pela GCM



Fotos - GCM/Divulgação

Os acusados teriam entrado em um depósito de bebidas e numa loja de confecções e efetuado pagamento com notas falsas de R$ 100, sendo que nos dois casos eles ainda receberam troco

 

Um cidadão de 21 anos e dois adolescentes de 16,  foram apontados como responsáveis pela distribuição de notas falsas no comércio. Dois comerciantes do Jardim Itamarati prestaram queixa e a investigação apura se outras pessoas também tenham sido lesadas pelos criminosos.

Segundo consta em boletim de ocorrência (BO) os três acusados entraram em um depósito de bebidas, fizeram compra e pagaram com uma nota de R$ 100. Na sequência o trio entrou numa loja de confecções, adquiriu vários produtos e pagou com outra nota de R$ 100. Nos dois casos eles ainda receberam troco.

Quando os marginais já haviam ido embora os proprietários dos estabelecimentos “visitados”  ao fazerem uma verificação mais detalhada das notas recebidas perceberam (pela textura) que eram falsas e passaram as características físicas dos criminosos assim como a placa do carro em que estavam (não revelado o modelo) ao inspetor Trombaco e ao agente Lauriano, da Guarda Civil Municipal.

Em patrulhamento os agentes municipais localizaram o carro e seus ocupantes em um posto de gasolina no centro da Cidade e fizeram a abordagem. Eles foram reconhecidos pelos comerciantes, mas como era de se esperar nenhum dos três assumiu ter conhecimento de que as notas (que ficaram apreendidas para a perícia) eram falsas. O BO foi elaborado pela delegada Simone Alves Firmino.










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.