Botucatu, quarta-feira, 16 de Outubro de 2019

Segurança
13/06/2018

GCM prende garota de 18 anos com pedra bruta de crack oculta no sutiã



Ao ser abordada e questionada, a mulher alegou que teria acionado uma mototaxista para buscar o entorpecente no Residencial Santa Maria I e receberia  R$ 50 pelo transporte


Na noite desta terça-feira, dia 12, os guardas civis municipais Pimentel e Bozzoni, acabaram surpreendendo uma mulher de 18 anos com uma pedra bruta de crack oculta no sutiã pesando 22,56 gramas (que daria para fabricar mais de 60 porções) para venda aos usuários. O flagrante ocorreu durante patrulhamento realizado pela Rua Marcos Bravin região da Cohab VI,  quando a indicada estava na garupa de uma mototaxista e gerou suspeita ao ficar apreensiva quando viu a viatura.

Na abordagem a garota passou a chorar e, espontaneamente, entregou a pedra de crack que trazia no sutiã. Questionada, ela alegou que teria acionado uma mototaxista para buscar o entorpecente no Residencial Santa Maria I e receberia  R$ 50 pelo transporte.  A condutora da moto foi isenta de qualquer responsabilidade,  já que não tinha conhecimento de que a passageira estaria transportando entorpecente.

Com apoio do Grupo de Ações Preventivas Especiais (GAPE) e outros GCM's da equipe Alpa, os agentes se deslocaram até a casa do proprietário da droga, mas foram informados que ele havia saído. Tendo a entrada franqueada na casa pela mãe do averiguado os agentes encontraram em seu quarto outra pedra bruta de crack pesando, aproximadamente,  39 gramas (que daria para mais de 100 porções),  além de 14 porções de cocaína, 7 parangas de maconha, duas porções já embaladas de crack e R$ 20 em dinheiro.

Diante dos fatos o caso foi apresentado junto ao plantão permanente da Polícia Civil, onde o delegado,  Mauro Sérgio Rodrigues dos Santos determinou pela prisão da indiciada que foi encaminhada à cadeia de Porangaba. O proprietário da droga está sendo procurado para que possa ser indiciado em crime de tráfico de entorpecentes e associação ao tráfico.










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.