Botucatu, quinta-feira, 17 de Outubro de 2019

Segurança
31/12/2018

Em desinteligência familiar pescador esfaqueia mulher e cunhado no Porto Said



Envolvidos foram encaminhados ao PS do Hospital das Clínicas da Unesp, onde receberam os cuidados médicos necessários, sendo que o ferimento causado pelo esfaqueamento inspira maiores cuidados

 

Uma desinteligência familiar registrada no plantão permanente pelo delegado Antenor de Jesus Zeque, na noite deste domingo (30), por volta das 23 horas, resultou em crime de lesão corporal culposa que foi atendido pelos agentes Celso e Wilson da Guarda Municipal pela Rua Marciano Zacharias, região do Porto Said, zona rural da Cidade.

Consta no boletim de ocorrência (BO) que um pescador de 28 anos de idade desentendeu-se com sua esposa de 24 anos e passou a agredi-la com tapas e socos. O irmão, de 25 anos, veio em defesa da irmã, porém o cunhado apanhou uma faca de cozinha desferindo contra ele um golpe atingindo seu abdome.

Foi a vez da mulher sair em defesa do irmão, mas também acabou sendo esfaqueada na mão esquerda. Mesmo ferida apanhou uma tábua de bater carne e aplicou um golpe contra a cabeça do marido.  Em razão desta desinteligência a casa ficou manchada de sangue, segundo dados contidos em BO.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e os três envolvidos foram encaminhados ao Pronto Socorro do Hospital das Clínicas (PSHC), da Unesp em Rubião Júnior, onde receberem os cuidados médicos necessários, sendo que o ferimento causado pelo esfaqueamento inspira maiores cuidados. O agressor ficou sob escolta policial.










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.