Botucatu, domingo, 22 de Setembro de 2019

Segurança
27/04/2019

Por causa de desavença por dívida de jogo, homem é baleado na Vila Real



O acusado pelo disparo fugiu e seu advogado procurou o delegado Geraldo Franco Pires, na DIG e garantiu que seu cliente irá se entregar na segunda-feira para dar sua versão do caso

 

Um caso registrado como lesão corporal dolosa foi atendido pela Guarda Municipal, na região da Vila Real, nesta sexta-feira (26). Um homem de 41 anos foi baleado pelo desafeto, após cobrar uma dívida contraída em jogo.

Um dia antes, ou seja, na quinta-feira (25) os dois envolvidos já haviam discutido pelo mesmo motivo e entrado em luta corporal. Ambos foram encaminhados ao plantão permanente da Polícia Civil onde foram ouvidos, orientados e liberados.

Entretanto, horas depois, o credor retornou à casa do devedor querendo o dinheiro devido da aposta e houve nova confusão, desta feita com um agravante. Irritado com a cobrança o devedor, sacou um revólver calibre 38 e disparou tiros em direção ao desafeto e um deles atingiu sua perna direita, sendo necessário acionar a viatura de resgate do Corpo de Bombeiros para fazer sua condução ao Pronto Socorro do Hospital das Clínicas da Unesp para extração do projétil, permanecendo internado em observação.

Já o acusado do disparo fugiu e seu advogado procurou o delegado Geraldo Franco Pires, na Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e garantiu que seu cliente irá se entregar na segunda-feira para dar sua versão do caso. A estratégia do advogado é esperar as 24 horas previstas no artigo 306 do Código de Processo Penal e evitar que o acusado seja autuado em flagrante.










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.