Botucatu, terça-feira, 18 de Junho de 2019

Segurança
31/05/2019

Polícia busca marginais que assaltaram loja de celulares no Shopping Botucatu



Os criminosos invadiram a loja e armados de revólveres renderam os funcionários e anunciaram o assalto, levando diversos aparelhos

 

Policiais especializados da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e da Polícia Militar, além da Guarda Civil Municipal (GCM) que formam as forças de segurança da Cidade estão empenhados em esclarecer a um audacioso roubo à mão armada cometido contra uma loja de telefones celulares, da Claro, instalada no Shopping Botucatu, na manhã desta sexta-feira (31).

Os criminosos invadiram a loja e armados de revólveres renderam os funcionários e anunciaram o assalto levando diversos aparelhos e fugiram em um veículo que estava em um ponto estratégico do estacionamento. Minutos depois esse automóvel usado na fuga, um VW Voyage, foi localizado nas proximidades, o que demonstra que o crime foi muito bem arquitetado e consumado. Esse carro consta como produto de um crime de roubo à mão armada ocorrido na Cidade de Mogi das Cruzes e estava com as placas clonadas. O segundo automóvel usado na fuga, seria um Renault.

Toda ação dos marginais foi acompanhada por comerciantes do local que optaram por fechar as portas até a chegada das forças de segurança. O crime foi filmado pelas câmeras do sistema de segurança do shopping e as imagens estão sendo analisadas para que os criminosos sejam identificados e presos.

Embora nas imagens gravadas pelo sistema de segurança do shopping apenas dois criminosos apareçam, a polícia trabalha com a  possibilidade de que outras pessoas tenham participado desse crime. Não foi divulgado o prejuízo do proprietário daquela loja.

 

Nota do Shopping

O Shopping Botucatu informa que a segurança do empreendimento impediu a ação de meliantes na loja da Vivo e tem dado suporte à polícia para esclarecer o assalto na loja da Claro. Informa também que não houve feridos ou disparos de tiros.










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.