Botucatu, segunda-feira, 20 de Maio de 2019

Turismo / Meio Ambiente
06/03/2018

Museu do Café recebe exposição da artista plástica Maria Isabel Archangelo



Com entrada gratuita, a mostra teve inicio dia 2 de março e vai até o dia 2 de abril, sempre de segunda a sexta, e feriados, das 8 às 17 horas e aos sábados e domingos das 12 às 18 horas

 

O Museu do Café da Fazenda iniciou a exposição com 18 telas da artista plástica Maria Isabel Archangelo, vencedora na exposição “Olhar 2017”, realizada em dezembro de 2017, recebendo como premiação a abertura de espaço para uma exposição individual no “Museu do Café da Fazenda Lageado”.

Maria Isabel é artista exclusiva da Companhia de Arte e Cultura de São Paulo e a mostra têm a curadoria de Paco de Assis, com produção cultural de José Eduardo Candeias. A mostra teve inicio dia 2 de março e vai até o dia 2 de abril, sempre de segunda a sexta, e feriados, das 8 às 17 horas e aos sábados e domingos das 12 às 18 horas.

“As obras dessa exposição são verdadeiros espetáculos de cores, distribuídas e mescladas com propriedade, o que prova que estamos falando de uma artista que não queimou etapas; primeiro aprendeu a construir e evoluiu para a desconstrução e vem pela primeira vez em Botucatu, no nosso Museu, mostra seu trabalhp.”, colocou Candeias.

Nascida em Jundiaí, formou-se em artes plásticas pela A Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP), instituição de caráter filantrópico, localizada em três cidades: em São Paulo, no bairro de Higienópolis; em Ribeirão Preto;  e São José dos Campos. o que lhe proporcionou experimentações em xilogravura, litogravura, gravura em metal, serigrafia, cerâmica, escultura e desenho, mas é na pintura em acrílica que a artista tem seu foco como artista e professora de artes.

O trabalho de Maria Isabel Archangelo, chega a Botucatu depois do encerramento da exposição de Lucilena Ramalho. A mostra teve inicio em 15 de dezembro, inicialmente prevista para terminar em 15 de janeiro. Com concordância da “Cia Arte Cultura”, responsável pelas obras, a exposição foi prorrogada até o dia 26 de fevereiro. Ao final, 4.904 pessoas apreciaram os trabalhos de Lucilena que, pela primeira vez trouxe sua arte para Botucatu.

Vale destacar que nos meses de janeiro e fevereiro o Museu já recebeu 3.785 visitantes. Foram 2.355 visitantes em janeiro e 1.430 em fevereiro. O acumulado desde janeiro de 2006 atinge a marca de 239.909 visitantes. Importante destacar que no ano de 2017 o total de visitantes do Museu atingiu a marca de 28.465 pessoas.










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.