Botucatu, terça-feira, 23 de Julho de 2019

Turismo / Meio Ambiente
04/06/2018

Seriema é resgatada pelo Patrulhamento Ambiental em acostamento de rodovia



Ave permaneceu no Cempas aos cuidados da equipe de veterinários do professor doutor Carlos Teixeira para receber os cuidados médicos necessários e, oportunamente, ser devolvido ao seu habitat natural

 

O Grupo de Proteção Ambiental (GPA), da Guarda Civil Municipal (GCM), de Botucatu, com o inspetor Carlos e agente Lazarini, resgatou uma ave da espécie seriema encontrada no acostamento da Rodovia Alcides Soares, próximo a Fazenda Lageado.

Possivelmente vítima de um atropelamento a ave estava com ferimentos na asa, cabeça e bico, sendo encaminhada ao Centro de Medicina e Pesquisa em Animais Selvagens – Cempas, da Unesp de Botucatu, permanecendo aos cuidados da equipe de veterinários do professor doutor Carlos Teixeira para receber os cuidados médicos necessários e, oportunamente, ser devolvida ao seu habitat natural.

As seriemas são pássaros marrons acastanhados e têm cerca de 90 cm de altura, com longas pernas, pescoços e caudas, de asas curtas refletindo seu modo de vida e seu canto pode ser ouvido a centenas de metros de distância.  Alimenta-se de insetos, cobras, lagartos, rãs, aves jovens e roedores, com pequenas quantidades de alimento vegetal (incluindo milho e feijão). Eles costumam associar-se com pastagem de gado, provavelmente, para pegar insetos que perturbam os animais.

Embora  sejam perfeitamente capazes de voar, as seriemas preferem passar a maior parte do tempo em terra. Elas só tomam voo quando necessário, de modo a escapar de um predador ou do homem. Durante a noite eles se abrigam nas copas das árvores, onde também constroem seus ninhos.










© Alpha Notícias. Todos os direitos reservados.